FANDOM


The Last Name
Death Note.. The Last Name
Informações da Produção
Dirigido por:

Shusuke Kaneko (金子修介, Kaneko Shūsuke)

Escrito por:

Tetsuya Oishi
Shusuke Kaneko

Musica por:

Kenji Kawai

Produzido por:

Toyoharu Fukuda
Seiji Okuda
Takahiro Satō

Série
Prequela:

Death Note

Sequência:

L: Change the WorLd

O último nome a ser escrito no DEATH NOTE... Que nome deve ser?
— Slogan do filme

Death Note: The Last Name é o segundo filme live-action de Death Note e sequência do primeiro filme—a narrativa enreda o segundo arco do anime. Não existe passagem de tempo entre o primeiro e segundo filme, e Near e Mello não são mencionados durante o longa-metragem. Em vez disso, os filmes põe em foco o antagonismo entre Light Yagami e L. The Last Name destoa a sua narrativa do mangá e do anime, contudo a conclusão final se mantém. Além disso, também há uma leve confusão no gênero de Rem, que é masculino no filme.

HistóriaEditar

The Last Name dá continuação ao filme anterior; começa com Light acompanhando o funeral de sua namorada (a qual ele assassinou com o Death Note). Usando o ocorrido para dar fundamento ao seu ódio contra Kira, Light solicita sua passagem como parte da equipe de investigação. Enquanto Soichiro mostrou ligeira resistência a isso, L imediatamente lhe concedeu cargo. Lá ele começa a trabalhar com Touta Matsuda, Hirokazu Ukita e Shuichi Aizawa.

MúsicaEditar

Lançamento e recepçãoEditar

O segundo filme, Death Note: The Last Name, estreou em 3 de novembro de 2006 e, instantaneamente, liderou a bilheteria do Japão, permanecendo no topo por quatro semanas seguidas e arrecadando 5,5 bilhões de ienes no país no final do ano, tornando-se uma das maiores bilheterias de filmes japoneses de 2006. A sequência foi lançada em Hong Kong em 3 de novembro de 2006, em Taiwan, em 24 de novembro de 2006, em Singapura, em 28 de dezembro de 2006 e em Malaysia em 25 de janeiro de 2007, com legendas em inglês e chinês.

Christy Lee S.W. de The Star, em sua crítica do segundo filme, declarou que Kaneko "fez um bom trabalho" no ritmo do filme, adicionando que o ritmo de aumento no final fez parte do conteúdo difícil de entender. Ela também disse que Tetsuya Oishi, o roteirista, certificou-se que os personagens foram "bem aprofundados" e fáceis de criar empatia.

GaleriaEditar